Menu



Acusado de homicídio em Campestre do Maranhão é condenado pelo Tribunal do Júri e teve pena reduzida

24 OUT 2018
24 de Outubro de 2018

Clésio Cirqueira Carneiro, sentou-se no banco dos réus nesta quarta-feira (24) onde foi julgado pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Juri instalado no município de Campestre do Maranhão-MA. O réu é acusado de ter matado um homem identificado por Eduardo Junior, a golpes de facão. Crime ocorreu no mês de julho de 2011 durante uma briga de bar e causou grande comoção popular na época, por se tratar de duas pessoas bastante conhecidas na cidade e de famílias historicamente tradicionais.

O julgamento presidido pelo Juiz de Direito Dr.Aurelino Coelho Ferreira titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Porto Franco-MA, durou cerca de três horas e meia. Os jurados decidiram condenar o réu à pena de seis anos e seis meses de reclusão, mas, foi reduzida para dois anos e dois meses, de acordo com o Artigo 121 § 1º do Código Civil Brasileiro. O crime teria sido praticado em momento de violenta emoção do acusado, provocada por injusta agressão verbal da vítima.

Na sentença o juiz disse ainda que considerando que o réu ficou preso entre julho e setembro de 2011, restando ainda a cumprir um ano, nove meses e dezesseis dias de reclusão no regime aberto, de acordo com o Artigo 33, § 2º, alínea c, do Código Penal e súmula 718 do STF, que deverá ser executada no sistema prisional decidido pelo juízo da execução.

Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!