Menu



Sem ter faixa de pedestre na passagem urbana da BR 010 em Campestre do Maranhão entidade reclama ao DNIT

24 ABR 2018
24 de Abril de 2018
Entidade de interesse público, ligada à atividade de cultura e radiodifusão comunitária do município de Campestre do Maranhão-MA, (Rádio Voz) denuncia falta de sinalização com faixas de pedestre nas travessias sobre a rodovia Belém Brasília na passagem urbana, em um trecho de aproximadamente 1500 metros e envia oficio ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes -DNIT, pedindo providencias. No documento consta que, após a construção do cartão postal da cidade, (obra executada 100% pela prefeitura de Campestre), a travessia de pedestres ao longo do trecho das duas avenidas é insegura. Sem faixas, pedestres correm risco de serem atropelados por veículos leves e pesados que trafegam no trecho da estrada, embora exista a sinalização vertical feita por placas indicando a existência de lombadas, sinalização horizontal nas duas pistas, mas, não tem faixa de pedestre. Para fazer a travessia com segurança, o pedestre conta com o bom senso dos motoristas.
E a prefeitura não tem competência para sinalizar, porque é área de domínio federal. Nas avenidas que o município construiu toda sinalização foi feita e garante segurança a quem por elas trafegam seja de carro moto, bicicleta ou a pé.
Esta semana uma entidade civil encaminhou oficio ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes pedindo providencias urgentes. Documento foi encaminhado à Superintendência do órgão em São Luis, capital do estado do Maranhão. Em anexo foram fotos dos locais onde devem ser pintadas as faixas e print de postagens que moradores fizeram nas Redes Sociais.
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!